domingo, 1 de setembro de 2013

miss u dad


e cada vez é mais difícil pai... tudo continua no mesmo sitio tal como tu deixas-te, o relógio na chaminé, a carteira na gaveta da cozinha, as botas debaixo da cadeira do teu quarto, a roupa em cima dela, enfim, tudo está no mesmo lugar, só faltas tu. no entanto, sinto como se simplesmente tivesses ido ali e já voltasses, e durante esse tempo não podemos manter contacto algum, o pior é que esse dia nunca mais chega.
as vezes a mãe bate a porta como tu batias, e o meu primeiro pensamento é "o pai chegou", outras vezes ouço o barulho de uma mota às horas que era suposto chegares do trabalho e dirijo-me a cozinha para preparar-te o lanche, ainda há aquelas vezes que a mãe não me atende então ligo para ti mas está desligado... passaram quase 10 meses e eu ainda não consigo aceitar, talvez por te terem levado dessa maneira de mim, mas sei que ao menos não sofreste e isso já me consola.

2 comentários:

  1. ele está contigo de certeza! muita muita muita muita muita força! <3

    ResponderEliminar